Agronegócio

Festa da banana em Delfinópolis

Até sábado, 26, produtores se encontram na cidade e participam de palestras, concurso, cozinha show e exposições

A banana, a mais popular das frutas tropicais, será a atração principal do evento que acontece em Delfinópolis, Sudoeste de Minas, no período de 23 a 26 de maio. Promovida pelo Sebrae, Associação dos Produtores de Banana de Delfinópolis (Adelba) e Emater, a 2ª Feira da Banana terá uma programação de debates sobre a importância da fruta para a economia local, além de atrações paralelas. Nesta quarta-feira, 23, primeiro dia do evento, os produtores farão visitas, pela manhã, a fazendas locais, acompanhados por especialistas em bananicultura. À tarde, eles irão participar de uma mesa redonda com entidades de pesquisa.

A quinta-feira, 24, será preenchida com palestras inseridas no Circuito Frutifica Minas, da Emater, criado para aumentar a quantidade e melhorar a qualidade da produção de frutas no estado. A primeira palestra, “Bananicultura: gerando valor a partir do território”, será conduzida pelo especialista da Federação da Agricultura/MG (Faemg), Pierre Vilela. A seguir, Letícia Julião, da USP, vai abordar as “Tendências do Mercado de Banana”. Depois, Marilene Fancelli, da Emprapa, tratará de “Manejo das principais pragas da bananicultura”. Fechando a programação, Wilson Morais, da Apta, vai destacar o “Monitoramento de Sigatoka” (uma praga muito agressiva).

“Pré e pós colheita” será a palestra apresentada pelo consultor em bananicultura da Região do Jaíba/MG, Thiago Barbosa Struiving, na sexta, 25. Logo após, chefs convidados irão preparar pratos à base de banana e queijo (Delfinópolis, além de grande produtora de banana, está incluída na Região do Queijo Canastra, uma das riquezas locais). A ideia de trabalho dos chefs é mostrar a importância da gastronomia na valorização do território. Eles também irão protagonizar o “cozinha show”, de onde sairão novidades e pratos variados.

Durante todo o tempo da 2ª Feira da Banana, um evento estará ocorrendo em paralelo, a “Feira de negócios, exposição de móveis rústicos e artesanato”. Entre os produtos à mostra, trabalhos de artesãs da cidade de Maria da Fé que têm a fibra de banana como matéria prima. Integrantes do grupo “Gente de Fibra”, as artesãs estarão também conduzindo a “oficina viva”, em que estarão fornecendo dicas para quem queira saber mais sobre sua arte.

O município de Delfinópolis (cerca de 8.000 habitantes, a 430 km de Belo Horizonte), é o quarto maior produtor de banana de Minas Gerais. São 80 produtores espalhados por 1.900 hectares de área cultivada, com uma produção médio anual de 46 toneladas. O clima ameno, solo adequado e abundância de água (o reservatório Mascarenhas de Morais, formado pelo Rio Grande, mantém a umidade em tempos de estiagem) garantem a produção de qualidade.

2ª Feira da Banana de Delfinópolis
Período: 23 a 26 de maio
Local: Av. Padre Ivo Soares Matos, s/no, Centro
Informações: (35) 3525.1144 – 0800 570 0800

Assessoria de Imprensa Sebrae Minas
(31) 3379-9271/9275/9276/9278

Tags: Agronegócios, Micro e Pequenas Empresas