Construção

Minascon 2019 terá feira de imóveis para o público

Além de reunir profissionais do setor da construção, evento realiza, pela primeira vez, o Show da Casa Própria

A FIEMG e o Sebrae Minas realizaram, nesta terça-feira, 10/09, coletiva de imprensa para apresentar a 16ª edição do Minascon, o maior evento da cadeia produtiva da construção, que será realizado de 17 a 22 de setembro, na sede do Sebrae Minas, em Belo Horizonte. Além de retornar para a capital mineira após duas edições no interior, o evento vai trazer para o público em geral o Show da Casa Própria, em parceria com a Caixa Econômica Federal.

O evento, resultado da união entre Sistema FIEMG e Sebrae Minas, fomenta negócios para o setor e leva ao empresariado mineiro e profissionais da área o que há de mais relevante no segmento e para o desenvolvimento da construção, como sustentabilidade, economia, legislação, além de inovação, tecnologia e tendências do setor. Novidade neste ano, o Show da Casa Própria é uma iniciativa do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (SINDUSCON-MG).

O evento tem como perfil de visitantes lojistas e atacadistas; arquitetos, engenheiros, administradores de condomínio, profissionais da construção em geral, designers de interiores, decoradores e paisagistas; construtores, empreiteiros e estudantes de áreas afins. Estarão reunidos cerca de 40 expositores da cadeia produtiva da construção. Já o Show da Casa Própria, que acontece nos dias 21 e 22 de setembro, contará com mais de 50 estandes de 20 construtoras disponíveis para a população com a oferta de imóveis em toda região metropolitana de Belo Horizonte, sendo que cerca de 60% das construtoras participantes são de pequeno porte.

A abertura oficial será realizada dia 18/09, quarta-feira, às 19h, e vai reunir centenas de representantes do segmento. A palestra magna será realizada pelo secretário especial de Desestatização, Desenvolvimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar. Além das palestras de formação para os profissionais, o evento traz ainda concursos para estudantes das engenharias. Clique AQUI e confira a programação completa do evento.

http://minascon.com.br/programacao/

“O Minascon possibilita o encontro de profissionais de toda a cadeia produtiva da construção e da universidade. Ele envolve corpo técnico do setor e agora será aberto para o público em geral pela primeira vez”, explicou o vice-presidente da FIEMG Teodomiro Diniz, que ainda apresentou dados sobre o desempenho recente da construção civil e seus impactos socioeconômicos.

Desempenho da construção civil

De acordo Diniz, cerca de 28 mil estabelecimentos registram atividades no setor da construção civil em Minas Gerais. Segmentando estes negócios por porte, observa-se que 93,25% são considerados micro estabelecimentos, com até 19 funcionários. “Estes números mostram que, quando se pensa em construção civil, temos que olhar além das grandes construtoras, pois as micro e pequenas empresas são muito significativas”.

A taxa de crescimento do PIB no país no segundo trimestre de 2019 sinaliza uma melhora no setor e registrou alta de 1,9% em relação ao resultado primeiro trimestre. “Ainda vamos ter um PIB pequeno, mas a tendência é que ele fique positivo, pois a construção civil está se recuperando aos poucos”, apontou Diniz.

Avaliando o mercado formal de trabalho em todo o Brasil, mesmo ainda com um ritmo fraco, a construção civil tem contribuído para movimentar os trabalhadores. Foram criadas, de janeiro a julho de 2019, 71.974 vagas com carteira assinada. Esse foi o melhor resultado para o período desde 2013. Em Minas Gerais, a geração de vagas no setor foi de quase 20 mil oportunidades com carteira assinada nos primeiros sete meses do ano, o melhor resultado desde 2012.

 “O emprego formal ainda é um artigo de luxo e com o advento do microempreendedor individual, podemos dizer que estamos contribuindo para a formalização do trabalho em um universo de grande desemprego. São mais de 103 mil microempreendedores individuais ligados ao setor da construção, por isso entendemos a importância de investir em educação empreendedora”, destacou o superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha.  

Para acessar os dados completos da pesquisa sobre a Construção Civil: Importância socioeconômica e desempenho recente, clique AQUI.

Participaram ainda da coletiva o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Marcelo Bomfim, o presidente do SINDUSCON-MG, Geraldo Jardim Linhares Júnior, o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais, Danilo Batista, e o presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (ABRASIP-MG), Bruno Marciano.

 

Assessoria de Imprensa da FIEMG 

Tel. (31) 3263-4444 | 4449 | 7753 | 4555 | 4385  | 4413 

jornalismo@fiemg.com.br  | agenciadenoticias.fiemg.com.br