Artesanal

Pub em Brumadinho produz sua própria cerveja

Empreendimento atrai turistas que buscam apreciar o sabor da cerveja artesanal da região

O encontro entre a cultura e as belezas naturais fazem de Brumadinho uma cidade cheia de potencial turístico. O viajante tem a chance de explorar cachoeiras, fazer trilhas, apreciar a gastronomia mineira, conhecer povoados com tradição quilombola, decolar de parapente na rampa de voo livre e visitar o Instituto Cultural Inhotim. Além dessas opções, o município guarda uma grande variedade de passeios e serviços para os mais diversos visitantes que passam pela região.

Localizado no distrito de Aranha, o pub Cervejaria Casa Piacenza é um dos atrativos do entorno que desperta a atenção dos turistas por oferecer cerveja artesanal local. A proximidade com a natureza e a estrutura rústica do estabelecimento são características que tornam o lugar um espaço ideal para curtir um chope com os amigos e ainda participar de um bate-papo sobre a cultura cervejeira.

Os pubs rurais da Bélgica serviram de inspiração para o negócio, que segue o padrão internacional Beer Judge Certification Program (BJCP) - programa para formação e certificação de juízes de concursos cervejeiros.  Na Cervejaria Casa Piacenza, os clientes podem apreciar diferentes estilos de cerveja como IPA, Stout, Pilsen, Red Ale, que são produzidas no próprio bar.

Juan Piacenza é responsável por conduzir o empreendimento e disseminar seu conhecimento sobre o tema para os clientes. Sua trajetória carrega uma vasta experiência no ramo de bebidas. Ele já passou por várias empresas em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo e atuou em setores, como controle de qualidade, desenvolvimento de produto, marketing, entre outros. Além disso, foi consultor na área durante 4 anos.

Após muito tempo se dedicando ao trabalho de especialista, Juan decidiu se afastar completamente das grandes indústrias e encontrou uma oportunidade de começar seu empreendimento em um segmento mais específico, mudando com sua família para uma antiga casa de campo em Brumadinho há 15 anos.

O início

“A ideia no início era desenvolver produtos à base de frutas, principalmente, tendo como matéria prima a jabuticaba, que é uma fruta nativa da mata atlântica. Em Brumadinho, você tem com bastante abundância,” disse Juan.

Naquela época, Juan desenvolveu vinho de jabuticaba, fermentados, doces, geleias e destilados de outras frutas. Mas, por causa do alto valor agregado dos produtos, ele resolveu focar na venda de licores. Com a ascensão da cerveja artesanal 11 anos atrás, Juan decidiu se aventurar nesse segmento, quando poucas empresas apostavam nessa proposta.

“Fizemos um protótipo, compramos o material e começamos a produzir. Essa produção que era caseira gerou comércio e, assim, desenvolvemos uma bebida muito importante para o nosso negócio: a cerveja de jabuticaba.” Com a bebida de jabuticaba seu empreendimento começou a ganhar reconhecimento e, a partir daí, vieram novos experimentos com a fruta.

Mesmo com o prestígio inicial, foi necessário fazer uma divulgação mais constante para introduzir o produto e a cultura cervejeira ao público de Brumadinho. “No começo, colocávamos barracas na avenida da cidade e vendíamos nosso chope. As pessoas ficavam curiosas em saber mais sobre o produto. Já participamos do Carnaval daqui e tivemos a ideia de nomear a cerveja de Brumafolia, o chope oficial do Carnaval de Brumadinho,” conta Juan.

Desde então, o negócio vinha crescendo, até o rompimento da barragem da Vale no ano passado, que freou essa expansão. “Em um período de três meses foi difícil. Perdemos o fluxo de turistas e ficamos isolados. Com isso, tivemos que mudar o foco do nosso trabalho.”

Cardápio de Experiências Turísticas e o futuro

Em busca de novas alternativas para fortalecer os empreendimentos locais, foi criado, com o apoio do Sebrae Minas, o Cardápio de Experiências Turísticas da região. “A chegada do Sebrae trouxe uma luz no fim do túnel. Estávamos bem desanimados”, explica o empresário.

O Cardápio veio para evidenciar os produtos turísticos da Encosta da Serra da Moeda e, após alguns meses de encontros e consultorias, já é possível ver resultados. “Tivemos uma evolução muito grande. No meu caso, com os trabalhos de marketing digital, tive um aumento significativo com o público de Brumadinho. Antes, minha conta em uma rede social tinha 90 seguidores, hoje tenho mais de 1.200 seguidores.”

Para o futuro, Juan, juntamente aos empreendedores que fazem parte do Cardápio, planeja ir adiante com o projeto. “O plano é manter a rede de empresários e continuar com os encontros, mesmo sem presença dos consultores. Já estamos pensando em novas ideias para atrair mais turistas para nossos empreendimentos. Esperamos fortalecer a identidade da Encosta da Serra da Moeda para tornar a região na principal porta de entrada de Brumadinho”.

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação

Márcio Sales - (31) 3292-8660 | (31) 99372-0216
marcio@prefacio.com.br