Oportunidade

Sebrae orienta fazer planejamento antes de abrir negócio

Planejar o futuro da empresa é fundamental para quem pretende se tornar empreendedor em 2020

O início do ano é um período no qual muitas pessoas decidem tirar os projetos da gaveta. Porém, o sonho de ser dono do próprio negócio pode se transformar em pesadelo caso não faça um planejamento correto. De acordo com o Sebrae, a maioria dos empreendedores passa por dificuldades nos meses iniciais de abertura do negócio por não planejar corretamente. O plano de negócios é o instrumento ideal para traçar um retrato do mercado, do produto e das atitudes do empreendedor. Nele constam informações detalhadas do ramo, produtos e serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, pontos fortes e fracos do negócios. 

“O planejamento é uma importante característica empreendedora em todas as fases da vida, no momento de empreender não é diferente. O plano de negócios é uma extraordinária ferramenta de gestão para aqueles que pretendem abrir um comércio, expandir ou até mesmo mudar o curso do seu empreendimento. Ou seja, possibilita ao empreendedor identificar e reduzir erros e riscos enquanto ainda estão apenas no papel, facilitando as mudanças necessárias de curso. Assim, evita o desperdício de recursos financeiros e de tempo”, explica o analista do Sebrae Minas Jeferson Rodrigues Batalha.

O jovem Patrick Hartwich, de 26 anos, é formado em Serviço Social pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), mas decidiu virar um Microempreendedor Individual (MEI) devido à sua paixão pela literatura. Em 2019, ele se juntou a um amigo para criar a loja online Escriba, voltada ao segmento editorial cristão.

“A proposta inicial era encontrar uma fonte de renda extra. Surgiu a possibilidade de trabalhar com revenda de alguns materiais literários de um grande grupo nacional. Visualizamos então que seria mais conveniente acessar diretamente as editoras e trabalhar o mínimo possível com revenda. Demos a ‘cara a tapa’ e a resposta tem sido favorável”, disse.

Patrick conta que o negócio começou de forma despretensiosa e que só a partir da demanda dos produtos viu que ali seria um filão de mercado para potencializar suas ideias.   “Em Teófilo Otoni e até na região de modo geral, o acesso à literatura de qualidade, em especial sobre cosmovisão cristã, é muito baixo. Porém, mais que vender livros, nós estamos proporcionando experiências, construindo uma nova ótica sobre o hábito da leitura desde o momento da escolha do livro até a entrega do material”, garante o empreendedor.

O baixo índice de leitura do brasileiro não o desanimou, que acredita no poder transformador da literatura na vida dos cidadãos. “Estamos num país onde o incentivo à leitura e acesso real e pulverizado à informação é recente, então o hábito de ler é algo embrionário na vida de grande parte da população. Tanto para o público cristão quanto para demais grupos sociais aqui no Brasil e especificamente em nossa região, muitas vezes, a leitura soa como algo enfadonho ou dispensável. Mas nossa proposta é contribuir para transformar essa realidade”.

A loja online opera exclusivamente nas redes sociais. Pelo Instagram, o cliente acompanha a divulgação das obras, que conta com um acervo de escritores renomados, como C.S.Lewis, autor de As Crônicas de Nárnia.  “Contatamos grandes editoras de literatura cristã e trazemos ao alcance de Teófilo Otoni e região material de qualidade, com preço acessível. Quem compra conosco encontra quase sempre os mesmos valores do mercado nacional, porém economiza com o frete. Criamos uma identidade pela forma rústica como embalamos nossos livros, personalizamos com cartões manuais em alguns casos, e fazemos do atendimento o mais pessoal possível, sem perder o profissionalismo”, enfatiza.

O conselho de Patrick para quem quer empreender neste início de ano é acreditar no sonho e fazer um bom planejamento antes de abrir o próprio negócio. “Essa não é minha primeira tentativa de empreender. Comecei outra empresa com moldes semelhantes a essa, quase no mesmo período, e não deu certo. Mas foi um laboratório valiosíssimo para o nascimento e desenvolvimento da Escriba, além do crescimento pessoal”, concluiu.

Ideias de negócios

Pensando em apoiar os potenciais empresários, o Sebrae disponibiliza um conteúdo voltado a quem planeja abrir uma empresa e está em busca de orientações. São 350 Ideias de Negócios para quem pretende se tornar empreendedor em 2020. No canal, um dos espaços mais buscados no Portal Sebrae, é possível acessar diversas informações sobre o ramo do negócio que o potencial empresário quer trabalhar. As orientações incluem uma visão geral do mercado, as exigências legais e específicas, a estrutura necessária para abrir o negócio, pessoal, os equipamentos, matéria-prima, mercadoria, a organização do processo produtivo, canais de distribuição, investimento, as estratégias de divulgação, entre outras.

 

Assessoria de Imprensa / Prefácio Comunicação 

William de Jesus - (32) 99190-0011

william@prefacio.com.br